sábado, 30 de Janeiro de 2010

Amarração com bonecos de pano


Preço: € 7,50 Preço: € 13,50



Preço: € 7,50 Preço: € 9,80 Preço: € 7,50



Material a Ser Usado:

- Dois bonecos, um homem e uma mulher, feitos com pano virgem de algodão de linho.
- Fotografias de ambas as pessoas ( homem e mulher ).
- Pó de amarração, pó de mandragora
- Óleo de amarração, óleo de garrapata

Ao terminar de fazer-los, deve colocar dentro da figura do homem a fotografia da mulher de rosto para cima junto com um pouco de cada um dos ingrediente (pós e óleos), no boneco de mulher a fotografia do homem também com o rosto para cima e impregnada com um pouco dos mesmos ingredientes do boneco anterior. Fechar ambos os bonecos e uni-los abraçados de modo a que as caras (fotos nos seus interiores ) fiquem voltadas uma para a outra ( cara com cara ), deverá unir-los em posição de abraço e ata-los muito bem com linha branca, bem apertada e muitas voltas.

Em seguida, faça esta oração:


''Eu te prendo e te amarro, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Padre, Filho, Espírito Santo, para que debaixo deste poder, não possas comer nem beber, nem estar em parte alguma do mundo, sem que estejas em minha companhia(fulano. Eu...(nome) aqui te prendo e te amarro, assim como prenderam Nosso Senhor Jesus Cristo na madeira da cruz; e o descanso que tu terás enquanto para mim tu não virares, é como o que tem a almas do purgatório, penando continuamente pelos pecados deste mundo
é como o que tem o vento no ar, as ondas no mar sempre em constante e continuo movimento, a maré a subir e a descer, o sol que nasce na serra e que vai se por no mar. Será este seu descanso que eu te dou enquanto para mim não virares com todo o seu coração, corpo alma e vida, debaixo da santa pena da obediencia e preceitos superiores, ficas preso e amarrado a mim, assim como ficam estes dois bonecos amarrados um ao outro''.


Estas Palavras devem ser repetidas nove vezes a hora do meio-dia, depois de rezar a oração
da ''Horas Abertas'', e sempre a envolver os bonecos com linha branca. ( ou seja a cada vez que diz a oração amarra bem os bonecos com linha ).